01/09/2008

É tão simples aceder a uma partilha de rede...

Aceder a partilhas Samba/Windows é tão facil no Kubuntu como no Windows! Não acreditam!?
Então experimentem abrir o Konqueror (Browser por defeito do Kubuntu) e no endereço coloquem \\ip_da_máquina ou \\nome_da_máquina. Desta forma, o konqueror automaticamente converte a funcionalidade "\\" para "smb://" tornando esta tarefa ser mais transparente para um utilizador que esteja habituado ao Janelas (Windows).
É claro que com o tempo, começa-se a usar mais frequentemente "smb://" ao invés de "\\", pois, é a notação de raiz do Linux.
Podem também criar atalhos no Ambiente de Trabalho, a apontar para partilhas de rede, e de forma muito semelhante ao Janelas XP :). Clicam com o botão direito do rato no Ambiente de Trabalho --> Criar um Novo --> Atalho para Localização (URL), e é só!


smbmount

Para utilizador mais avançados, podem também montar uma partilha de rede num ponto do vosso disco (i.e. num directório).
E para isso, aqui fica a receita:
1 - Criam um directório. No meu caso, costumo criar um com o nome "SERVIDORES-REDE" dentro de /media, ficando o caminho todo em /media/SERVIDORES-REDE/. Por sua vez, dentro de SERVIDORES-REDE, criam um directório para cada partilha que pretendem montar. Exemplo: SERVIDORES-REDE/Servidor1.
2 - Executam o comando:
sudo smbmount //ip_servidor/pasta_partilhada /media/SERVIDORES-REDE/Servidor1 -o username=jose
3 - Criam um atalho no Ambiente de Trabalho para /media/SERVIDORES-REDE para um acesso mais rápido e directo às partilhas de rede. Até podem alterar o icon deste atalho, para melhor o identificarem! Pois, se o vosso Ambiente for como o meu, está cheio de atalhos :P.

Caso não tenham o comando smbmount, podem-no instalar executando: sudo apt-get install smbfs ou então através do gestor de pacotes (Synaptic por exemplo).


3 comentários:

@leo@ disse...

"konqueror", vale a pena??

Paulo Gomes disse...

O Konqueror já vem com o KDE... mas claro para navegar na Internet o que mais aconselho é o Firefox :)

Paulo Gomes disse...

Esqueci-me de referir que o Konqueror para funcionar como explorador de pastas/directórios e de rede é bastante bom.
Podem também utilizar o Dolphin (tb vem no Kubuntu) ao invés do konqueror, o funcionamento como explorador é semelhante.