21/09/2008

Virtualização

Actualmente começa a emergir uma tecnologia, que apesar de já existir à algum tempo não tinha ainda vingado. Esta tecnologia é a virtualização.


O software de virtualização permite emular o hardware de um computador real através de software, permitindo usar vários SO's em simultâneo, sem ter que reiniciar o Sistema Operativo que serve de host dos restantes, sendo ideal para testes, consolidação de servidores, equipas de suporte, etc.


Com a evolução do hardware é agora possível usar com performances bastante aceitáveis e em alguns casos bastante próxima das máquinas reais.


Mesmo ao nível dos servidores esta tecnologia está a dar cartas visto que permite em alguns casos a consolidação de vários servidores num numero mais pequeno , aproveitando em pleno o hardware que muitas vezes se encontra subaproveitado, com todas as vantagens associadas em termos de espaço físico e consumo energético associado ao funcionamento dos equipamentos e manutenção das condições ambientais das salas de servidores.


Alguns dos exemplos de software de virtualização são o VMWARE, VirtualBox, QEMU, XEN, etc.


Brevemente colocarei um artigo a mostrar algumas linhas de orientação para a instalação de algumas soluções de virtualização mais conhecidas.

1 comentários:

jeferson.info - o seu blog de linux disse...

Olá Paulo,
A virtualização de hardware realmente é um caminho sem volta, já que como você disse, o hardware hoje em dia costuma ser subaproveitado.
Apesar de existirem diversas ferramentas de virtualização, o mercado ainda é dominado pelo vmware, que possui, além da força do nome de uma empresa, a consolidação do tempo de mercado.
Eu escrevi alguns artigos sobre como instalar vmware no ubuntu e no debian e como usar vmware em linha de comando. Estes artigos dão uma boa base para inicializar a prática da virtualização, já que hoje em dia isto não é um mérito exclusivo de empresas e pode ser usado para criar um laboratório virtual, excelente para praticar aquele servidor linux que você não teria condições por ter apenas 1 micro.
Abraços e fico no aguardo dos seus artigos.